Notícias e Eventos

Picada de peixe-aranha, o que fazer?

A picada de peixe-aranha é bastante dolorosa, mas as lesões que provocam não são graves e, muitas vezes, podem ser tratadas de imediato, sem que seja necessária assistência médica. Contudo, pode haver exceções e dirigir-se a um hospital, nesses casos, é a melhor decisão.

Picada de peixe-aranha: aprenda a prevenir este acidente e saiba como agir quando acontece.

Que aspeto tem o peixe-aranha? Como evitar pisar-lhe?

Normalmente, o peixe-aranha está soterrado na areia e tem espinhos venenosos na região dorsal e guelras. Por ter cores claras como a areia consegue facilmente camuflar-se, picando quem o pisa. É muito difícil evitá-los, pelo que os calçados de borracha, epecialmente para as crianças, podem ser uma alternativa segura.

como-é-o-peixe-aranha
Peixe-aranha

Picada de peixe-aranha: O que fazer e o que não fazer

Sempre que possível, peça ajuda ao nadador-salvador, estão preparados com um kit de primeiros-socorros para este tipo de situações.

Se esta não é uma opção viável, há algumas medidas que pode tomar e que são tratamentos comuns a todas estas situações:

  • Lave a zona afetada com água do mar e não água doce.
  • Remova possíveis espinhos (pode utilizar uma pinça ou o canto de um cartão de crédito, por exemplo) que tenha ficado na pele;
  • Ponha a zona picada de molho em água quente durante30 minutos.
  • Tome algum medicamento para as dores, como paracetamol ou ibuprofeno.

Não deve, de forma alguma:

  • Aplicar urina sobre a lesão
  • Aplicar gelo
  • Tocar nos espinhos diretamente com as mãos
  • Tapar a ferida

Gostas do conteúdo? Partilhe

Partilhar

Partilhar

Fique por dentro!

Seja avisado sempres que surgir conteúdo novo aqui na TrueClinic
cookie TrueClinic

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a navegar nesta página o utilizador concorda com a utilização de cookies. Poderá eliminar ou bloquear os cookies alterando a configuração no seu navegador de internet. Para mais informações consulte a nossa​ Política de Privacidade.