Notícias e Eventos

AVC – Acidente Vascular Cerebral

O AVC continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal, sendo também a principal causa de morbilidade e de potenciais anos de vida perdidos no conjunto das doenças cardiovasculares. As primeiras horas após o início dos sintomas de AVC são essenciais para o socorro da vítima, pois é esta a janela temporal que garante a eficácia dos principais tratamentos.

Assinala-se a 29 de Outubro o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC). A data tem como principal objetivo alertar a população para os sintomas do AVC e procedimentos a tomar.

Em 2019, o INEM registou, até ao dia 27 de outubro, 3.456 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de 11 casos por dia. Os distritos de Porto e Lisboa registaram o maior número destes encaminhamentos, com 819 e 702 casos, respetivamente.

SNS, Serviço Nacional de Saúde

O que é um AVC?

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é um défice neurológico súbito, motivado por isquemia (deficiência de irrigação sanguínea) ou hemorragia no cérebro.

Resulta da lesão das células cerebrais, que morrem ou deixam de funcionar normalmente, pela ausência de oxigénio e de nutrientes na sequência de um bloqueio do fluxo de sangue (AVC isquémico) ou porque são inundadas pelo sangue a partir de uma artéria que se rompe (AVC hemorrágico).

Os isquémicos correspondem a cerca de 4/5 do total. As células do cérebro morrem pouco tempo depois da ocorrência desta lesão. Contudo, pode durar algumas horas se o fluxo de sangue não estiver completamente interrompido. Por essa razão, é fundamental agir rapidamente de modo a minimizar as lesões cerebrais.

É ainda comum designar-se o AVC como “trombose”.

Existe também o acidente isquémico transitório (AIT), de duração inferior a 24 horas. Nestes casos, o entupimento da artéria cerebral é momentâneo e os sintomas podem durar alguns minutos ou horas.
Mesmo que estejamos diante de um ataque transitório, é fundamental procurar um hospital, uma vez que um AIT pode ser o primeiro sinal de um AVC com consequências devastadoras. De facto, uma em cada cinco pessoas que apresenta um AIT irá sofrer um AVC extenso nos próximos três meses.

Quais são os sintomas de um AVC?

Como ocorre de forma súbita, pela oclusão ou pela rotura de uma artéria, os seus efeitos no corpo são imediatos.

• falta de força num braço
• boca ao lado
• dificuldade em falar

Fatores de risco e formas de prevenção do Acidente Vascular Cerebral

Cerca de 25% dos AVC ocorrem em pessoas jovens, mas existem fatores de risco como:

  • diabetes
  • hipertensão arterial
  • colesterol
  • obesidade
  • sedentarismo
  • arritmias
  • displasia fibromuscular
  • consumo de tabaco e de álcool

Como prevenir um AVC – Acidente Vascular Cerebral?


Controle a sua saúde:

  • verifique regularmente a pressão arterial
  • faça check ups
  • controle o colesterol
  • não fume ou consuma álcool nem consumindo álcool ou sal em excesso, mantendo uma dieta saudável e praticando exercício físico

Gostas do conteúdo? Partilhe

Partilhar

Partilhar

Fique por dentro!

Seja avisado sempres que surgir conteúdo novo aqui na TrueClinic
cookie TrueClinic

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a navegar nesta página o utilizador concorda com a utilização de cookies. Poderá eliminar ou bloquear os cookies alterando a configuração no seu navegador de internet. Para mais informações consulte a nossa​ Política de Privacidade.